A palavra relevo determina que a matriz é escavada e que o depósito de tinta para a impressão é feito na superfície não escavada da matriz. É uma técnica que pode ter dois tipos de matrizes – madeira e linóleo.

Xilogravura é o nome que se dá à gravura realizada sobre madeira.

É o método mais antigo de produzir uma gravura, tendo sido inventada na China, para a impressão em padrão sobre têxtil,  por volta do séc. IX. Em meados do século XV, após o surgimento do papel, a xilogravura é industrializada com a impressão de livros ilustrados, uma vez que os blocos de madeira poderiam ser impressos ao mesmo tempo que os blocos de tipografia. Com o surgimento das outras técnicas de impressão, e dos processos fotomecânicos, a xilogravura comercial cai em desuso, e apenas ganha lugar como técnica artística em finais do século XIX, com os artistas Edvard Munch e Paul Gauguin que até hoje inspiram muitos artistas contemporâneos.

Linogravura é o nome que se dá à gravura realizada sobre linóleo.

Surge em meados do século XX como uma matriz alternativa à madeira, uma vez que é um material mais acessível e mais fácil de trabalhar. Esta técnica atingiu o seu lugar no meio artístico com artistas prestigiados como Matisse e Picasso.

Materiais
  • prensa de 30cm x 21cm
  • material de apoio como rolos, goivas, etc.
  • ferramentas e máquinas
Consumíveis
  • papel de jornal
  • desperdícios
  • consumíveis de limpeza